p

Notícias da CMFI / veja na íntegra
 
15/03/2017 - 13:22
AÇÃO EM CONJUNTO
Em conjunto com Polícia Civil e GM, Legislativo debate segurança na região norte de Foz
Como mediadora do diálogo, Câmara deve realizar audiência pública para pontuar os problemas
Comunicação/CMFI


No processo de estreitamento das relações entre Câmara, Unila e Unioeste, os representantes das três instituições reuniram-se nesta quarta (14/03) na Sala de Comissões do legislativo, juntamente com Secretário de Segurança Pública, Delegado da Polícia Civil e Membros do Gabinete de Gestão Integrada da Guarda Municipal, a fim de pensar em soluções conjuntas para o problema pontual de segurança pública que vem afetando a vida nas proximidades dos Campi.

O Presidente Rogério Quadros (PTB) destacou que a preocupação com a situação das instituições é grande e o Legislativo está pronto a ouvir as reivindicações e dar andamentos às ações no que lhe compete. “Temos grande preocupação com região norte da cidade, a Unila tem três mil estudantes e a Unioeste tem 2000 alunos. A infraestrutura não está atendendo à demanda da comunidade, então pensamos em políticas públicas, ações nesse sentido, visando melhorar questões como segurança, limpeza, iluminação e sistema viário”.

O Diretor do campus da Unioeste de Foz do Iguaçu, Fernando Martins, enfatizou que “estamos em conversa com a Câmara e Unila para que tenhamos uma audiência pública sobre o assunto, uma vez que entendemos que a questão da segurança pública é também um aspecto educativo. Algumas ações, os próprios órgãos de segurança podem orientar a comunidade acadêmica. Até porque segurança pública não é só uma questão de polícia, ela exige participação comunitária”. Segundo Fernando Martins, a demanda mais pontual são os assaltos em ponto de ônibus. A respeito do estreitamento de laços, Fernando colocou a Unioeste à disposição para realização de convênios ou intercâmbios que cooperem com o legislativo e também com a questão do controle social.

O vereador Rogério Quadros (PTB) salientou que a audiência pública deve acontecer após o período eleitoral, nos moldes de um debate acadêmico, com a participação com órgãos de combate ao crime, com as entidades, sociedade civil organizada, órgãos de segurança integrada e a própria comunidade acadêmica e vamos buscar a participação de órgãos do governo federal e estadual.

O Delegado da Polícia Civil, Geraldo Evangelista, afirmou “estamos à disposição para alinharmos as necessidades. Podemos mandar um ofício para centro de planejamento estatístico e levantarmos um boletim para traçar um norte operacional”.

O Reitor da Unila, Nielsen de Paula Pires, abordou os projetos sociais que a Universidade participa e enfatizou que a Câmara pode pedir colaboração da Unila no sentindo de realizar intercâmbios de experiência para elevar a qualidade das políticas públicas e a visão macro sobre a cidade e a região. “Somos uma Universidade que trabalha toda a questão da integração, da inclusão social, voltada para ampliar a mobilidade social e solidariedade internacional.

Jussier Leite, Secretário Municipal de Segurança Pública, enfatizou que o modelo de segurança desenvolvido em Foz. “Nosso modelo é comunitário, há um trabalho integrado e colaborativo em conjunto com a sociedade. Antes tínhamos três equipes na região da Vila A, B, C e hoje só temos uma, há uma defasagem nesse quadro”. Podemos levantar dois GTAS para colocar à disposição da Polícia Civil a partir do dia 30 de março. Amanhã, quinta-feira, vamos receber lideranças da Unila para implementarmos softwares para melhoria da segurança na cidade.
 
 
Tags da Matéria:   #Unila #Unioeste #Segurançapública
 

 
 

CNPJ: 75.914.051/0001-28
Sede: Travessa Oscar Muxfeldt, Nº 81- Centro. CEP: 85851-490 - Foz do Iguaçu - PR
Anexo: Rua Quintino Bocaiúva, Nº 610 - Centro. CEP: 85851 - 130 - Foz do Iguaçu - PR
Site Oficial da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu
Responsabilidade: Diretoria de Comunicação

 
Horário de expediente – Segunda a sexta-feira, das 08h00 às 14h00
           
45 3521 - 8100   imprensacmfi@gmail.com