p

Notícias da CMFI / veja na íntegra
 
01/12/2016 - 12:11
OBRAS PARADAS
Legislativo solicita ao TCE-PR relação de obras paradas em Foz do Iguaçu
Informações sobre 62 obras paradas no município levou vereador a requerer ao TCE lista das construções
Comunicação / CMFI


A questão das obras paradas em Foz do Iguaçu já foi tema de Comissão Especial no Legislativo, oportunidade em que os Vereadores fiscalizaram a situação de várias construções na cidade. O tema voltou à tona na sessão desta quinta-feira, 01 de dezembro, com um requerimento solicitando ao Tribunal de Constas do Estado do Paraná quais são as obras paradas no município. 
 
O Requerimento nº 381/2016 do Vereador Nilton Bobato (PCdoB) pede envio de ofício ao Presidente do Tribunal de Contas do Estado do Paraná solicitando informações sobre as providências adotadas a respeito das obras paralisadas no Município de Foz do Iguaçu. 
 
“Segundo informações do TCE-PR, Foz é campeã em obras paradas, com 62 obras paradas. Quero entender quais são as 62 obras, se são de responsabilidade do município, se são do estado, temos a obra da Praça Getúlio Vargas, outra da Avenida das Cataratas. Talvez esteja nessa conta a obra da 2ª ponte que nunca começa, a da perimetral leste também. Consegui contar a obra da Pedro Basso, a da marginal da BR 277, da Avenida Felipe Wandscheer, da Avenida Andradina. Quero entender quais são essas obras. É óbvio que quando você olha a cidade e Foz está parada. Mas, quais são essas obras e o que é preciso fazer para resolver esses problemas? Eu não consegui chegar a 62 obras paradas no município. Temos situações caóticas, a situação da Felipe Wandscheer é complicada, a ligação da Andradina com a Vila C é absurda, estamos falando de 200 metros. Sabemos que boa parte dessas obras têm prazo. O que está sendo feito para que esse processo não se perca?”, defendeu o requerente, Vereador Nilton Bobato (PCdoB). 
 
“A questão é para o Tribunal de contas tanto do estado, quanto da união, eles consideram obra a partir da Ordem de Serviço. A situação de se lamentar é a da Avenida Felipe Wandscheer. Mas, por exemplo obras como da marginal BR 277 são importantes, ela foi toda revitalizada”, enfatizou o Vereador Dilto Vitorassi (PV). 
 
“Essa casa fez seu papel com relação às obras paradas. Trabalhamos, fomos a Brasília. A gente vem batendo nessa tecla em Foz sobre a falta de uma equipe preparada. Alguns projetos são doados, mas aí não correspondem às necessidades da nossa cidade. Perde-se prazo, perdemos os recursos. Hoje em nossa prefeitura tem 5 arquitetos, 2 engenheiros. Cascavel tem 53 dentro desse departamento de projetos e obras. Primeiro, temos dificuldade de captar o recurso, quando se consegue captar não cumpre os prazos”, destacou o Vereador Gessani da Silva (PP), que fez parte da Comissão Especial.

O requerimento foi aprovado pelos pares e encaminhado ao TCE, do qual vai aguardar a resposta oficial.
 
Tags da Matéria:   Câmara Foz; Obras Paradas; Tribunal de Contas do Estado; TCE PR; Construções; Planejamento; Avenida
 

 
 

CNPJ: 75.914.051/0001-28
Sede: Travessa Oscar Muxfeldt, Nº 81- Centro. CEP: 85851-490 - Foz do Iguaçu - PR
Anexo: Rua Quintino Bocaiúva, Nº 610 - Centro. CEP: 85851 - 130 - Foz do Iguaçu - PR
Site Oficial da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu
Responsabilidade: Diretoria de Comunicação

 
Horário de expediente – Segunda a sexta-feira, das 08h00 às 14h00
           
45 3521 - 8100   imprensacmfi@gmail.com