p

Notícias da CMFI / veja na íntegra
 
09/10/2017 - 13:09
REIVINDICAÇÕES VILA PORTES
Segurança, sinalização e melhorias no fluxo de trânsito são principais demandas
Debate foi proposto pelo Vereador João Miranda (PSD)
COMUNICAÇÃO/CMFI


A audiência pública chamada para discutir as demandas da Vila Portes, realizada na manhã desta segunda-feira, 09 de outubro, foi aberta pelo Presidente Rogério Quadros (PTB) e conduzida pelo proponente, Vereador João Miranda (PSD). Também participaram do debate: Vereadora Nanci Rafagnin Andreola (PDT), Vereador Celino Fertrin (PDT) e Vereador Jeferson Brayner (PRB).

Marcaram presença na audiência: Fernando Maraninchi, Diretor Superintendente do Foztrans; 2º Tenente da Polícia Militar, Luiz Henrique Silva Pauli; Geraldo Vieira do Nascimento, Representante da Secretaria de Obras; Salete Horst, Representante da Secretaria de Indústria e Comércio; José Teodoro Oliveira, Representante da Secretaria de Planejamento e Captação de Recursos; Marcio Tessaro, Representante dos Comerciantes da Vila Portes, Dr. Geraldo Evangelista, Representante da Polícia Civil; José Augusto Carlessi, Representante da Secretaria de Meio Ambiente.

Foi apresentado um vídeo com algumas demandas do bairro, dentre elas: melhorias na sinalização, falta de estacionamento, problemas na pavimentação, fluxo intenso de trânsito. Em consonância com o que foi pontuado no vídeo, o Representante dos Comerciantes da Vila Portes, Marcio Tessaro, enfocou que os comerciantes e moradores do bairro reclamam principalmente de três aspectos: sinalização, fluxo de trânsito e segurança.

Irmã Terezinha Mezzalira, Coordenadora da Casa do Migrante, enfatizou “a segurança é um grande problema para nós. A Casa do Migrante este ano foi arrombada quatro vezes. O trânsito é complicado, todos os dias de manhã na nossa rua tem um acidente. Atendemos uma média de 500 pessoas ao mês, um dos principais objetivos é promover a regularização para que as pessoas possam trabalhar. Muita gente depende desse espaço para sobreviver”.

Laércio dos Santos, Representante dos Feirantes da Vila Portes, afirmou “estou na região há 29 anos, sempre tivemos o sonho de ter uma Vila Portes melhor. A condição e o tratamento do local precisam ser melhorados. É necessário ter mais organização. É uma vergonha para qualquer cidadão Iguaçuense a Vila Portes estar dessa maneira”. Com relação à segurança pública, o 2º Tenente Paulí, da Polícia Militar, afirmou que “segurança pública não depende somente de polícia, mas também de educação, saúde. São outras situações que influenciam na segurança”.

O Representante da Secretaria de Meio Ambiente, José Carlessi, destacou que uma das reivindicações das pessoas do bairro é a coleta de lixo. Salete Horst, Representando a Secretaria de Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, afirmou que “a alteração do Plano Diretor vai permitir alternativas para Vila Portes e Jardim Jupira. Já fizemos licitações exclusivas para micro e pequenas empresas, algumas parcerias também foram feitas por parte do Executivo e Sebrae para capacitação dos comerciantes”.

Dr. Geraldo Evangelista, da Polícia Civil, disse “sabemos que ali na Vila Portes existem muitos problemas sociais. A nossa proposta da Polícia Civil é manter ações com as Forças de Segurança e focar no bairro da Vila Portes, onde há grande concentração de comerciantes e transeuntes”.

O Representante do Executivo e Diretor Superintendente do Foztrans, Fernando Maraninchi, ressaltou que “há um problema grande em relação às calçadas, é um investimento que terão de fazer, é necessário e com certeza trará maior acesso aos usuários. A sinalização é ausente, já abrimos uma licitação para investir nisso na cidade de Foz do Iguaçu, é uma questão de mais 60 dias para termos as placas e tintas disponíveis. Uma questão que os empresários vão precisar entender é de que as ruas precisam ser de mão única. Teremos 100 novos abrigos de ônibus para serem instalados em Foz do Iguaçu. Em 45 dias acredito que já possamos pintar as faixas de pedestre da Vila Portes, coloco Foztrans à disposição”.

O proponente da audiência pública, Vereador João Miranda (PSD), solicitou a todas as autoridades presentes para que “olhem com atenção para Vila Portes. Esse é nosso papel e missão como Vereadores e representantes da população”.

 
 
Tags da Matéria:   Câmara Foz; Audiência Pública; Vila Portes; Reivindicações bairro; Segurança;
 

 
 

CNPJ: 75.914.051/0001-28
Sede: Travessa Oscar Muxfeldt, Nº 81- Centro. CEP: 85851-490 - Foz do Iguaçu - PR
Anexo: Rua Quintino Bocaiúva, Nº 610 - Centro. CEP: 85851 - 130 - Foz do Iguaçu - PR
Site Oficial da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu
Responsabilidade: Diretoria de Comunicação

 
Horário de expediente – Segunda a sexta-feira, das 08h00 às 14h00
           
45 3521 - 8100   imprensacmfi@gmail.com